Simples assim!


Conferência Resiliência 2014 na França

13/12/2013 12:08

 

A Conferência Resiliência 2014 - Resiliência e Desenvolvimento - Mobilizando para Transformar, acontecerá em Montpellier, na França, no período de 4 a 8 de maio de 2014.

O evento é organizado pela rede Alliance Resiliência (CIRAD – CNRS – IRSTEA – INRA), Agropolis Internacional e seus parceiros do campus de Montpellier.

Baseando-se nas bem-sucedidas primeiras duas conferências (em Estocolmo e em Phoenix), Resiliência 2014 irá criar uma arena para trocas e discussões articulando conceitos e práticas de adaptação, transformação e desenvolvimento.

Explore o site, salvar a data, e apresente um plano para se juntar a nós em Montpellier. Informações adicionais, incluindo programa, submissão de resumos e inscrição em breve. Acesse: http://www.resilience2014.org/

A conferência vai oferecer a oportunidade de articular e debater paradigmas específicos, conceitos e metodologias. Problemas complexos exigem uma diversidade de abordagens que podem informar-se mutuamente, gerar um debate construtivo e, eventualmente, levar a soluções mais adequadas. A Resiliência refere a dinâmica ecológica e perguntas relacionadas com os sistemas de governança de recursos específicos (agroecossistemas, pesca, florestas, pastagens, marinhos e de ecossistemas de água doce), e questões globais, como a conservação da biodiversidade, o crescimento urbano, desenvolvimento econômico e segurança humana e o bem-estar.

Ao longo do século passado, entramos em uma nova era, onde as atividades humanas têm emergido como força principal na formação da biosfera tanto em escala local como global, refletido  nas mudanças climáticas, na vulnerabilidade do sistema econômico, nas grandes perdas de biodiversidade e mudanças irreversíveis nos ecossistemas. Este é também um momento de desafios ao desenvolvimento sem precedentes: a pobreza e a desigualdade intransigente constituem uma grande ameaça para o bem-estar humano e para a sustentabilidade planetária. Há um interesse crescente na transformabilidade dos sistemas ecológicos sociais ou seja, a capacidade da sociedade para mudar as variáveis ​​de estado do sistema, quando trajetórias atuais tornam-se insustentáveis. Mas a humanidade enfrenta um dilema crucial: como estimular o percurso por caminhos de desenvolvimento social mais justos e benéficos, à luz destes desafios?

 

 

 

—————

Voltar



Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!